Freud inicia seu pensamento teórico assumindo que não há nenhuma descontinuidade na vida mental. Ele