O sintoma é a inscrição do simbólico no real. Jacques Lacan. O presente artigo tem